MP Mapa Contabilidade

Notícias

Emoções positivas: a chave para transformar equipes de trabalho

Onde estão e como se comportam as pessoas que se interessam pelo seu produto?

Muitos administradores já devem ter ouvido falar da relevância de se definir bem o seu segmento de mercado. Essa é uma das atividades primordiais que as empresas precisam ter para decidir quais estratégias devem seguir e, consequentemente, quais ações trarão mais resultado. Mas afinal, qual a melhor forma de fazer isso?

Nós, da Nuvemshop, plataforma de loja virtual, recebemos todos os dias centenas de novos lojistas querendo criar sua marca para vender online. Muitos deles já têm anos de negócio e identificam com tranquilidade o seu público-alvo.

Porém, muitos empreendedores ainda estão no processo de descoberta. Por isso, selecionamos algumas dicas para lhe ajudar a definir seu segmento ou nicho de mercado e sair vendendo online.

Qual a diferença entre nicho e segmento?

Apesar de muitas vezes os termos serem usados como sinônimos, eles significam coisas diferentes. O jeito mais simples de explicar isso é que o nicho está dentro de um segmento.

O segmento é uma parcela mais ampla do mercado com menos especificidades do produto. Já um nicho corresponde a um grupo particular de pessoas que buscam um produto específico. Um exemplo é, dentro do mercado de doces, existe o segmento de chocolates e dentro deste segmento o nicho de chocolates 100% cacau, focado em um público mais singular.

Para identificar seu público, é preciso conhecer informações sócio-demográficas — idade, gênero, renda, ocupação, estado civil, escolaridade etc -; comportamentais — associadas a hábitos de consumo — e psicográficos, que são os hobbies, interesses e modo de vida dos seus clientes.

Você deve estar se perguntando como conseguir essas informações. Normalmente, a forma mais assertiva de conseguir esses dados é por meio de pesquisas de mercado, sejam elas quantitativas — ou seja, com resultados numéricos estatísticos — ou qualitativos, com resultados mais subjetivos e insights.

O importante é saber o que você está procurando antes de começar a investigar seu público. Por isso, faça uma lista das principais dúvidas que você tem sobre seus consumidores e pense como você pode averiguar essas hipóteses e confirmar suas questões. Caso você queira um apoio profissionalizado, existem no mercado diversas empresas de pesquisa responsáveis por fazer esse papel.

Mas, se existem tantos tipos de clientes, por que devo escolher um perfil para ser meu foco?

Muitos empreendedores, quando começam a criar suas marcas, querem rapidamente ir para a parte das vendas. Produzir o produto, colocar em sua loja virtual e vender. Porém, existem muitas vantagens em pensar com calma o segmento de seu negócio antes de colocar seus produtos em sua plataforma de e-commerce.

Vamos conhecer as principais delas:

1. Ter fornecedores especializados

Para quem quer vender online, escolher produtos diferenciados, que atinjam um público em particular, pode ser um grande passo para conseguir cada vez mais clientes.

Além de você poder focar seus esforços em entender profundamente esse público e o que ele espera do seu produto, você também será capaz de dedicar mais tempo buscando fornecedores que desenvolvam, produtos que atendam às necessidades do seu nicho.

O mesmo vale para quando você mesmo é quem produz os artigos. Tendo um nicho bem definido, será possível conhecer necessidades específicas para atendê-las ao confeccionar os produtos.

2. Segmentações de campanhas de marketing

Outro ponto que pode ajudar muito, se você optou por vender e anunciar pelo canal online, é a possibilidade de segmentação das suas campanhas de marketing digital. Você pode criar anúncios direcionados para pessoas de certos nichos, filtrando suas campanhas pelos interesses que eles apresentam na internet, como, por exemplo, viagens, esportes ou culinária.

Essa estratégia te ajuda a investir o dinheiro de marketing de forma mais assertiva e potencializa os seus retornos. Além disso, ela possibilita que você crie campanhas de comunicação com argumentos objetivos, focados nas necessidades dos seus potenciais clientes.

3. Fidelização dos clientes

Por fim, uma grande vantagem de investir seus esforços em um nicho específico de mercado é a maior probabilidade de fidelização. Isso porque você oferecerá um produto que não é tão fácil de encontrar e que requer mais esforço do consumidor.

Com essa ideia na cabeça, em sua plataforma online, por exemplo, você pode criar cadastros e trabalhar sua comunicação por meio de newsletters ou e-mails marketing. Assim, é possível gerar um vínculo com seus clientes e estimular a recompra.

Como colocar tudo isso em prática?

As pesquisas de mercado que identificam os clientes já existem há muito tempo, mas a internet possibilitou que esse processo fosse muito mais rápido e barato. Por isso, é importante posicionar sua marca online, criar uma loja virtual própria para expor seus produtos e, aos poucos, ir descobrindo o perfil detalhado dos seus clientes.

Por meio de uma loja online, você consegue captar informações a cada venda realizada, gerar relatórios e entender cada vez mais o que funciona para o seu público.

Crie sua loja virtual hoje

Potencialize seus resultados por meio de ferramentas de mensuração de dados, acompanhamento de pedidos, otimização de SEO, aceleração de campanhas de marketing e muito mais. Para isso, é só criar sua loja virtual própria com a plataforma da Nuvemshop. Você tem 30 dias grátis para testar e é fácil, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos

Agenda Tributária

Período: Julho/2020
D S T Q Q S S
   01020304
05060708091011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Cotação Dólar